5 “DICAS FIVE” para o Associado 5 Estrelas considerar antes de comprar um veículo seminovo

O mercado dos seminovos tem boas ofertas, e é possível encontrar excelentes oportunidades. Porém, antes de comprar um veículo seminovo é preciso pesquisar para evitar dores de cabeça no futuro.

5 DICAS para se considerar antes de comprar um veículo seminovo

1 – Pense em fazer uma boa pesquisa

Imagine o que pode acontecer ao se comprar um veículo seminovo ‘às cegas’? Por isso, antes de comprar um veículo seminovo, é fundamental pesquisar o máximo de informações possíveis do próprio veículo e da procedência do mesmo. Descubra o que os proprietários dizem sobre uma determinada marca; verifique modelos e equipamentos básicos, se já teve recall, se é procedente de leilão de banco ou seguradora etc…

Você também pode descobrir quais concessionárias vendem o tipo de veículo que estiver procurando, e ainda poder comparar os preços aplicados por cada concessionária.

Por fim, antes de “bater o martelo” em qualquer negociação, fique atento aos preços de mercado. A tabela Fipe é uma boa fonte de referência, pois mostra o valor oficial de mercado.

2. Verifique o status legal do veículo.

No site do Detran, é possível verificar se o número da placa e o número do chassi coincidem. Busque sempre a segurança e certifique-se de que o veículo não esteja envolvido em nenhuma atividade ilegal. Verificar o histórico do veículo para ver se ele tem alguma multa é um procedimento muito importante que muitas pessoas se esquecem; Conferir se a documentação está em dia e se não há histórico de furto ou roubo, pode evitar muitas dores de cabeça ao novo proprietário.

3. Fique atento à quilometragem total do Hodômetro

A quilometragem também deve ser considerada antes de comprar um veículo seminovo. Quanto menor for a quilometragem melhor, pois os veículos mais novos tendem a economizar com os custos da manutenção. (O hodômetro indicará a quilometragem total percorrida desde que o veículo saiu da concessionária até o momento.)

Por isso, cuidado com modelos mais antigos e quilometragem muito baixa. Isso por causa da possibilidade de adulteração do veículo e rebaixamento dos números abaixo do número real, disfarçando o tempo de uso. Nesse caso, verifique algumas peças para ver se elas correspondem ao uso que deveriam ter.

4. É sempre mais seguro ter um profissional de confiança. Procure a ajuda de um mecânico.

 Um mecânico confiável pode ajudar a identificar possíveis problemas que são invisíveis a olho nu. Só de ouvir o som do motor, muitas vezes um especialista já pode ter uma ideia do estado geral do motor. A avaliação também pode incluir: derramamento de óleo; se a caixa de marchas está correta; A estabilidade de direção; se o veículo já esteve em uma colisão. Um veículo com a manutenção anterior em dia é muito mais confiável.

5. Faça um planejamento de suas finanças com antecedência.

Depois, escolha a forma mais adequada de adquirir: Você verificou a papelada, foi à oficina e agora é hora de decidir como irá pagar o seu veículo seminovo. O mais adequado é o pagamento à vista, pois há maior poder de negociação e melhores condições, (um desconto no valor final por exemplo) E não haverá a dor de cabeça dos juros abusivos. A opção de financiamento pode não ser boa porque o caminho é cheio de juros. Dependendo das taxas cobradas, você pode acabar pagando o valor de dois veículos. Se quiser se planejar melhor e não tiver pressa, pense em estudar o Consórcio para comprar seu veículo seminovo! Se você não tem todo o dinheiro em mãos, mas quer comprar um veículo seminovo, um consórcio pode ser uma boa opção. Com ele, não há cobrança de juros e você pode se organizar com base no valor das suas parcelas mensais. Avalie a opções de mercado e o valor das taxas da administração do inicio ou final (na contemplação de sua carta) e escolha a melhor opção pra você.

Agora que já sabe como conseguir seu veículo de forma mais planejada. Que tal aproveitar e fazer também a cotação da proteção veicular da sua conquista e ficar tranquilo? Clique aqui e faça a sua simulação.

Fonte: https://www.conseg.com.br/blog/coisas-se-considerar-comprar-veículo-semi-novo

Receba nossos conteúdos gratuitamente

Postagens mais recentes

Menu