9 dicas de manutenção para maior durabilidade do veículo

Você sabia que alguns cuidados com os veículos podem fazer com que eles sejam mais valorizados no mercado?

Cuidados preventivos contribuem para que seu veículo conserve aquele aspecto de novo por muito tempo e, dessa forma, se mantenha valorizado no mercado.

Uma atenção especial que você precisa manter em sua rotina está relacionada à higienização, os pneus, o motor, e outros itens do seu veículo. Pode parecer exagero, mas esses cuidados simples fazem muita diferença se forem observados com atenção. Perceba que a prevenção de problemas no seu veículo será determinante para melhores negociações na hora de vendê-lo!

Sendo assim, vamos listar alguns cuidados que merecem atenção para que você mantenha sempre seu veículo com a cara de novo. Continue a leitura e confira!

1 . Evite deixar o veículo parado por muito tempo

Hoje, é comum que as pessoas, mesmo tendo seus próprios veículos evitem usá-los, escolhendo outros meios de transporte. No entanto, o que muitos não sabem é que deixá-lo parado por muito tempo pode danificá-lo.
Se você não pretende utilizar seu veículo diariamente deverá ligá-lo por um minuto a cada dois dias. Isso já fará bastante diferença. Desligar os cabos da bateria temporariamente é outra dica que preserva a integridade do sistema elétrico se decidir ficar um longo tempo sem utiliza-lo.

Lembre-se de verificar e trocar os filtros e fluidos antes de vencer.

É essencial, para a conservação de veículos, que seus fluidos sejam substituídos no tempo certo. Na verdade, você gastará com itens baratos e, certamente, evitará prejuízos — uma vez que uma lubrificação deficiente acarreta mais trabalho do motor e, consequentemente, gastos maiores com combustível.
Além disso, não há notícia pior para um proprietário de automóvel do que um motor fundido. Então, diante disso, conservar seu veículo, trocando os fluidos e filtros, é uma boa forma de garantir longa vida ao motor do veículo.

3 . A vida útil do óleo deve ser acompanhada, baseando-se no estilo de utilização de cada motorista

O óleo do motor é um dos grandes responsáveis pelo bom funcionamento do seu veículo, porque permite que suas engrenagens trabalhem sem desgastar as peças. Por isso é fundamental que o óleo seja de boa qualidade e, principalmente, indicado pelo fabricante do veículo.

Além disso, ter conhecimento sobre o tempo certo de trocar esse item é essencial para manter a vida útil do motor.

Tentar economizar neste item, mantendo-o por um período maior que o aconselhável ou optando por marcas mais baratas pode danificar seriamente o seu veículo.

4. Dirija com cautela

Algumas pessoas têm um modo de dirigir mais agressivo o que pode acabar desgastando mais alguns componentes do veículo como molas ou amortecedores. Desviar de buracos, passar em quebra-molas mais devagar e evitar freadas bruscas são algumas das medidas que evitam danos ou desgaste desses itens.
Esses cuidados poupam o proprietário do veículo de gastos futuros com a suspensão — que geralmente pesam no bolso.

Além disso, contribuem enormemente com a manutenção desse sistema do veículo, evitando a torção do monobloco — o que garante um automóvel mais alinhado e seguro.

5. Verifique os pneus

Fazer a verificação dos pneus e estepe ajuda a mantê-los sempre boas condições de uso. Por isso, é muito importante verificar a pressão deles, observando se há bolhas ou mesmo desgastes responsáveis por irregularidades na banda de rodagem.

É sempre importante a verificação periódica do alinhamento da suspensão e balanceamento das rodas. No entanto, ficar atento é sempre recomendável. Se verificar qualquer irregularidade, como vibrações no volante ou a sensação de que o automóvel está tendendo para um lado, procure uma assistência técnica.

6. Proteja a pintura

Alguns elementos externos podem causar o aparecimento de manchas que estragam a pintura, como pedras de asfalto, dejetos de pássaros, poeira, raios solares ou insetos. Sendo assim, deixar seu veículo protegido é primordial.

Essa proteção deve ser tanto por meio de uma cobertura, onde ele possa passar a noite e o dia em que não for usado, como por aplicação de cera automotiva, que pode ser feita de duas a três vezes por semana.

No caso de quem mora em região litorânea, a dica é jogar água na carroceria para eliminar os resíduos de sal — considerado o maior responsável pela oxidação em veículos nessas localidades.

7. Mantenha uma rotina de limpeza

Um veículo semi-novo mal-cuidado sem uma limpeza frequente pode desvalorizar muito. Para que isso não ocorra, busque manter uma rotina de cuidados com a higienização interna do veículo. Alguns cuidados podem evitar aqueles odores desagradáveis, como evitar fumar no seu interior — visto que o odor de cigarro acaba rapidamente com aquele tradicional cheirinho de veículo novo.

Sendo assim, proceda com uma limpeza semanal no seu veículo e pense que você estará colaborando para a sua valorização no mercado. Veículo cheiroso é um atrativo quando se deseja vendê-lo.

Outro cuidado em relação à limpeza refere-se ao estofamento com manchas. É bem comum que, por um descuido qualquer, manchamos o estofamento do veículo. A dica é limpar logo que ocorrer o acidente, visto que, dessa forma, fica mais fácil a remoção da mancha.

8. Seja atento e cauteloso ao guiar para evitar danos extensos na lataria

Morsas grandes na lataria do veículo podem também comprometer a estrutura e afetar muito o valor do veículo.

Amassados e arranhões são mais simples de serem revertidos, desde que seja submetido a um bom serviço de lanternagem para solucionar o problema e deixá-lo novinho logo que for danificado. No entanto, uma colisão mais grave requer uma avaliação mais especializada para saber se a estrutura do veículo foi abalada.

9. Mantenha a atenção à presença de ruídos

A presença de ruídos que alguns veículos apresentam não é bem visto no mercado de veículos semi-novos. Sons estranhos podem incomodar bastante quem estiver no interior do seu veículo.

Além disso, ruídos podem indicar problemas mecânicos, o que pode acabar impedindo que a venda do seu veículo aconteça. Ao perceber que seu veículo apresenta ruídos, leve-o a um mecânico experiente o mais breve quanto possível para verificação do que pode estar ocorrendo assim, você evitará maiores prejuízos.

É essencial saber observar alteração de detalhes para manter a conservação de veículos. No entanto, fazer a manutenção preventiva dos sistemas do veículo é ainda melhor e conservará a parte mecânica do veículo sempre em perfeito estado