Afinal, o que mais reprova no exame de direção do DETRAN?

Dicas five – aos “Marinheiros de primeira viagem” – Para tirar nota 10 no exame para a sua Habilitação – a tão sonhada CNH.

O exame de condução do DETRAN é um grande causador de medo e ansiedade para a maioria das pessoas. No entanto, não é o “bicho de sete cabeças” que muitos pensam. Neste artigo, descreveremos como fazer esse importante exame e listaremos as faltas que mais reprovam. Afinal, o que mais pode reprovar no exame de direção do DETRAN?

Expectativa x Realidade

A visão que muitos têm, quando pensam em tirar a sonhada CNH, é que vão chegar lá e treinar muita baliza, controle de embreagem na ladeira, marcha à ré, alinhamento ao meio fio e mais um monte de manobras.

No entanto, o processo para conseguir a tão sonhada habilitação vai muito além disso.  Podemos afirmar que manobras com o veículo não representam 10% do que realmente é importante para a aprovação nos exames.

Desejamos esclarecer de uma vez ,  o que de fato é o  exame prático de direção veicular, (não falaremos das outras etapas do processo de habilitação.)

Sequência exata do exame de direção

Antes de sabermos o que mais reprova no exame de direção, compreenda que ele é realizado em duas etapas:

1. BALIZA – essa é, sem dúvida, o grande “bicho-papão” para os candidatos ao exame. Mas, apesar do pânico criado em torno dessa manobra, podemos que a baliza NÃO É o principal motivo de reprovação. Portanto, não há motivo se preocupar com ela.

A baliza para exame é uma manobra realizada em local com medidas pré-determinadas, onde o candidato simplesmente precisa repetir uma sequência ordenada de passos e se orientar por referências visuais demarcadas no veículo e isso é treinando dezenas, talvez centenas, de vezes – em 99% dos casos isto se resumará em decorar uma “repetição mecânica”.

2. PERCURSO – é com essa etapa que realmente o aluno deve se preocupar. No percurso, serão avaliados VÁRIOS quesitos do aspirante à CNH.

E, o que mais reprova no exame de direção do DETRAN a final de contas ?

Para ser aprovado no exame de direção o aluno NÃO PODERÁ cometer FALTAS ELIMINATÓRIAS , NEM EXCEDER a três (3) pontos negativos, calculados com base nos seguintes critérios:

  • – Uma Falta Eliminatória – Reprovado
  • – Cada Falta Grave – 3 Pontos Negativos
  • – Cada Falta Média – 2 Pontos Negativos
  • – Cada Falta Leve – 1 Ponto Negativo

Essas são as FALTAS MAIS COMETIDAS durante os exames de direção e também as responsáveis por 99% das reprovações – PRESTE MUITA ATENÇÃO nessas faltas.

Faltas leves

  • – Provocar movimentos irregulares no veículo, sem motivo justificado;
  • – Ajustar incorretamente o banco do veículo destinado ao condutor;
  • – Não ajustar devidamente os espelhos retrovisores;
  • – Apoiar o pé no pedal da embreagem com o veículo engrenado e em movimento;
  • – Utilizar ou interpretar incorretamente os instrumentos do painel do veículo;
  • Dar partida ao veículo com a engrenagem de tração ligada;
  • Tentar movimentar o veículo, com a engrenagem de tração em ponto neutro;
  • – Cometer qualquer outra infração de natureza leve.

Faltas médias

  • – Executar o percurso da prova, no todo ou parte dele, sem estar o freio de mão inteiramente livre;
  • – Trafegar em velocidade inadequada para as condições adversas do local, da circulação, do veículo e do clima;
  • Interromper o funcionamento do motor, sem justa razão, após o início da prova;
  • Fazer conversão incorretamente;
  • – Usar buzina sem necessidade ou em local proibido;
  • – Desengrenar o veículo nos declives;
  • Colocar o veículo em movimento, sem observar as cautelas necessárias;
  • Usar o pedal da embreagem, antes de usar o pedal de freio nas frenagens;
  • – Entrar nas curvas com a engrenagem de tração do veículo em ponto neutro;
  • Engrenar ou utilizar as marchas de maneira incorreta, durante o percurso;
  • – Cometer qualquer outra infração de trânsito de natureza média.

Faltas graves

  • Desobedecer à sinalização da via, ou ao agente da autoridade de trânsito;
  • Não observar as regras de ultrapassagem ou de mudança de direção;
  • Não dar preferência de passagem ao pedestre que estiver atravessando a via transversal para onde se dirige o veículo, ou ainda quando o pedestre não haja concluído a travessia, mesmo que ocorra sinal verde para o veículo;
  • Manter a porta do veículo aberta ou semiaberta durante o percurso da prova ou parte dele;
  • Não sinalizar com antecedência a manobra pretendida ou sinalizá-la incorretamente;
  • Não usar devidamente o cinto de segurança;
  • Perder o controle da direção do veículo em movimento;
  • Cometer qualquer outra infração de trânsito de natureza grave.

Faltas eliminatórias

  • Desobedecer à sinalização do semáforo ou de Parada Obrigatória;
  • – avançar sobre o meio fio;
  • Não colocar o veículo na área balizada, em no máximo três tentativas, no tempo estabelecido;
  • – Avançar sobre o balizamento demarcado quando do estacionamento do veículo na vaga;
  • – Transitar em contramão de direção;
  • – Não completar a realização de todas as etapas do exame;
  • – Avançar a via preferencial;
  • – Provocar acidente durante a realização do exame;
  • – Exceder a velocidade regulamentada para a via;
  • – Cometer qualquer outra infração de trânsito de natureza gravíssima.

Agora que conhecidas as faltas e suas respectivas gravidades, fique para aquelas que estão destacadas em negrito.

Peça ao seu instrutor para te orientar e também te avaliar, constantemente, em relação a elas.

Essas são as principais faltas que causam reprovação no exame. A nossa dica é que você não se preocupe muito com baliza e manobras, e passe a focar mais nos itens listados que serão avaliados durante a etapa de percurso do seu exame – principalmente as destacadas em negrito, em nossas dicas.

Concentre-se. Estude e Ótimo exame para você, futuro motorista habilitado com louvor!!! Muito sucesso!

Fonte: Autoescola Online